Imagem: http://brazilkorea.com.br/

Imagem: http://brazilkorea.com.br/

O 70º aniversário da Independência Coreana será comemorado, este ano, com uma exposição temática. The Korean Empire, Dreaming of a Modern State, é uma iniciativa do Museu Nacional Coreano e estará aberta para visitação até o dia 13 de setembro.

Em um ambiente histórico que instiga a reflexão sobre o 70º aniversário da Independência Coreana, a exposição rememora a luta pela independência, sua libertação e autonomia.

Ao longo da história do estado coreano, o Império Daehan (1897-1910) marca o roll de impérios com menor duração. Seus 13 anos serão representados na exposição, assim como o final do século 19, da Dinastia Joseon, que enfrentou muitos percalços interna e externamente, o que desencadeou no colapso da sociedade tradicional e a insurgência de potências imperialistas. A proclamação do império coreano em 1897, apesar de anunciar a necessidade da independência, esteve em luta contra os colonos japoneses até que finalmente em 1945, a nação tivesse sua libertação oficialmente reconhecida.

É nesse contexto que artefatos e relíquias estarão dispostos no museu, em três seções cronologicamente ordenadas. Na primeira, dedicada à proclamação do império, os visitantes terão a chance de entender melhor como se deram as mudanças na sociedade coreana e como ela se transformou no que é hoje. Eles também vão encontrar registros da cerimônia de coroação imperial, um retrato do imperador Gojong (1863-1907) e um mapa de Seul durante o período. A segunda seção apresenta os esforços dedicados para que o país caminhasse em direção à independência e autonomia. Nela, estarão expostos os selos oficiais do estado, a moeda utilizada durante a época, envelopes e outros itens. Finalmente, na última seção, serão exibidos artefatos que simbolizam os tempos difíceis aos quais o povo coreano teve que viver enquanto esteve sob o domínio colonial. Lá, uma carta de nomeação aos enviados especiais para Haia pelo Imperador Gojong,  um retrato do imperador Sunjong (r. 1907-1910) e uma medalha comemorativa da ascensão do Imperador Sunjong ao trono estarão disponíveis para apreciação.

Outro grande destaque da exposição é a exibição do que pode ser considerado o mais antigo Taegeukgi da história do estado coreano. Produzido em meados de 1890, ele foi dado ao conselheiro para assuntos estrangeiros, Owen Denny (1838-1900), pelo Imperador Gojong.

Imagem: http://www.korea.net/

Imagem: http://www.korea.net/

Como chegar:
Metrô
Ichon Station (Seoul Subway Linha 4 & Jungang Line), Saída 2.
*A estação de metrô liga o museu através de uma passagem subterrânea chamada 박물관 나 들길 ou Moving Museum.

Ônibus
Pegue a linha 400, 502 ou Seoul City Tour Bus e desça no National Museum of Korea.

Outras informações sobre a exposição podem ser encontradas no site do Museu Nacional da Coreia.

Fonte: Korea Net | National Museum of Korea (Ingles)

 

 

 

 

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *