hangul

Imagem: korea.net

Saiba mais sobre a criação do Hangul, sua importância e porque o dia 9 de outubro é tão especial para os coreanos.

As origens da língua coreana são, ainda hoje, objeto de discussão, a tese mais provável sendo a que associa este idioma ao grupo das línguas altaicas que inclui idiomas como o turco e o mongol – entre outros – que encontram-se concentrados na Asia Central. Qualquer que seja sua origem, o coreano se tornou uma língua distinta, falada apenas na Coreia, tendo sido unificada e uniformizada por toda a península desde o século VII. Não existem dialetos no país, apenas algumas diferenças mínimas de pronúncia entre as diversas regiões que o compõem.

O que existe, porém, de único com relação a este idioma foi a passagem da língua oral à escrita com a criação do Hangul, o alfabeto coreano que  incorpora todos os sons pronunciados pela língua coreana tendo como fonte de inspiração a própria fisiologia humana pois o desenho das letras procura reproduzir os movimentos dos órgãos que participam a sua articulação, sendo compostas de curtos traços horizontais, verticais e círculos que representam o contorno da garganta ou o movimento da língua no momento em que tais letras são pronunciadas.

A língua coreana sempre foi a língua materna da Coreia, porém durante muitos séculos os coreanos se viram dependentes da escrita chinesa. Em 1447, o Rei Sejong (세정), quarto rei da Dinastia Joseon, publicou o Hunmin Jeongeum (훈민정음), documento introdutório do alfabeto coreano recém-criado, o Hangul (한글) só teve este nome reconhecido em 1928.

O Hangul contém 24 letras (10 vogais e 14 consoantes), sendo uma língua extremamente fonética e os criadores de seu alfabeto se esforçaram para demonstrar isso. Por exemplo: o mi-eum (ㅁ), letra similar ao nosso “m”, é escrito de modo que todas as suas extremidades estejam fechadas, isso para demonstrar que para pronunciá-lo é preciso fechar os lábios. Os três formatos básicos das vogais foram baseados em três elementos do Neo-Confucionismo: Homem, Terra e Céu.

O alfabeto coreano é considerado por linguistas a escrita mais lógica, original e prática do mundo e um estudo feito pela ONU colocou o Hangul como a mais adequada para representar as 2.900 línguas sem escrita conhecidas no mundo de hoje. A Unesco instituiu, em 1989, o Prêmio Rei Sejong em prol da erradicação do analfabetismo no mundo. A criação e o estabelecimento do Hangul é considerado um caso único no mundo, inscrito no Patrimônio Cultural da UNESCO em 1997

Desde 1940, no dia 9 de Outubro, é comemorado na Coreia do Sul o Hangul Day ou Hangul Proclamation Day – antes era comemorada em outra data por conta de uma confusão na correspondência dos calendários lunar e gregoriano. É um feriado nacional com várias atividades realizadas neste dia, e a maioria dos museus tem entrada gratuita. Nas comemorações de 2009, uma estátua pesando 20 toneladas de bronze do Rei Sejong foi inaugurada no Gwanghwamun Plaza, em Seoul sendo atualmente uma das maiores atrações turísticas da cidade.

A língua Coreana é a língua oficial tanto na Coreia do Norte como na do Sul. O número de pessoas que falam coreano é de cerca de 8 milhões e a língua é falada principalmente  na Coreia do Norte, Coreia do Sul, China e comunidades de imigrantes coreanos em diversos países, incluindo Brasil, Canadá e EUA.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Main_Page

Revisado por: Alcina Knabben

avatar
About Laura

One Response to 9 de Outubro – Dia do Hangul!
  1. avatar

    Que legal.
    Não sabia que tinha o dia do hangul.


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *