Imagem: mapio.net

Imagem: mapio.net

A arquitetura tradicional na Coreia é conhecida pelo seu estilo de casa Hanok, estilo no qual seus antigos arquitetos ou construtores levaram anos modificando e adaptando por consequência das mudanças climáticas e trocas das dinastias até que pudessem ter criado um partido arquitetônico sólido para o desenvolvimento.

O estilo Hanok, teve uma maior repercussão arquitetônica, na dinastia Joseon 대조선국(1392 – 1897), seguindo o princípio do “Baesanimsu”, que caracteriza-se pelo princípio que a casa ideal deve ter sua fachada posterior voltada para as montanhas e suas fachada principal voltada para o rio, fazendo com que facilite o acesso da água e crie um clima de harmonia com a natureza.

O Hanok possui técnicas arquitetônicas únicas, que estão diretamente ligadas as questões de se adaptar ao seu entorno natural, proporcionando aos residentes uma melhor proteção. Uma das características distintivas do Hanok é o seu sistema de aquecimento chamado “ondol”, que é uma técnica de aquecimento com um sistema de canais que funcionam sob o piso, e no qual este calor é gerado e entregue a estes canais a partir de uma lareira da cozinha, sendo planejadas no seu projeto passagens ligadas à chaminé na qual efetivamente expulsa a fumaça.

Ondol não é a única técnica utilizada para definir a particularidade do estilo Hanok. Outro elemento importante presente é a utilização do piso de bordo nos cômodos “maru”, localizado no centro, este piso é usado para diversas finalidades. É levantado o piso do solo, fazendo com que permita a circulação de ar natural sob ele, proporcionando um ambiente mais fresco durante a estação mais quente, o verão. O sistema inteligente que combina o ondol e maru, faz com que se crie dentro da casa tradicional coreana um espaço confortável para os seus residentes, não só no inverno mais rigoroso, como também no verão escaldante.

O Hanok tem como meio construtivo a utilização de argila, vigas, colunas e pregos de madeira. Nas residências de famílias mais pobres eram usados palha, seixo (um tipo de pedra), juncos (tipo de planta aquática) e paredes de barro. Os pilares eram feitos de madeira e paredes de lama.

Os estilos arquitetônicos do frio do norte e quente do sul eram diferentes. Nas regiões ao Sul as casas eram mais simples em forma de L em um assoalho retangular onde a cozinha e os quartos eram localizados nas extremidades. As razões para esta forma aberta era devido ao clima quente e úmido, permitindo assim uma boa ventilação. No entanto, nas regiões do Norte com uma temperatura mais baixa, destacam-se as casas em forma de U ou quadrado em torno do pátio. Em regiões como a ilha de Jeju, onde os ventos são mais fortes, as casas possuem paredes mais grossas e muitas vezes são colocados bosques ao redor para ajudar a diminuir a incidência de ventos na casa.

Com a explosão na década de 70, do estilo modernista, os arquitetos começaram a abandonar o Hanok, que tinha sido classificado como antiquado e ineficiente, e muitas casas foram demolidas. Atualmente 60% da população mora em apartamentos modernos

O estilo Hanok tem sido reavivado em várias regiões da Coreia. Seja através das Hanok Village, onde vilas inteiras de Hanok são restauradas ou através do Hanok Stay, onde turistas podem se hospedar e experimentar este estilo arquitetônico.

 

Fontes: Koreanet e Visitkorea

avatar
About Taisa Aguilar

Editora Colaboradora (Rio de Janeiro - RJ) Estudante de Ciências Contábeis. Apaixonada desde muito tempo pela cultura asiática (principalmente japonesa e coreana). Cosplayer nos tempos vagos, adora assistir animes, ler mangá e ouvir música. Sonha um dia visitar a Coreia e o Japão

3 Responses to História da arquitetura tradicional na Coreia
  1. avatar

    Parabéns!!! Era o que eu estava procurando, foi muitíssimo útil. Espero que realize seu sonho e possa nos ajudar assim mais inda.

  2. avatar

    Oi, parabéns pelo texto.
    Você saberia informar como é o trabalho de arquiteto hoje em dia na Coreia?

  3. avatar

    Como arquiteta achei o arquigo muito interessante e bem escrito com vocabulário adequado, ótimo post :)


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *