2-coree-du-sud-fleur-nationale-rose-de-sharon-mugunghwa

Mugunghwa (무궁화) traduzindo: hibisco-da-síria, mimo ou rosa-de-saron.

A Mugunghwa, também conhecida como Rosa de Sharon, é considerada a flor nacional da Coreia. De acordo com registros, os coreanos consideram a rosa de Sharon como uma flor celestial desde os tempos antigos. Até mesmo os antigos chineses se referiam a Coreia como “a terra de cavalheiros onde Mugunghwa florece”. O amor pela flor se tornou ainda maior quando foi escrito o hino nacional e ela estava na letra (Que a Coreia, pais da rosa de Saron, dos milhares de quilômetros de montanhas e rios magníficos, fique para sempre de pé, defendida por seu povo). Como a rosa de Sharon sempre foi importante, era natural que o governo adotasse a flor como flor nacional depois que a Coreia foi libertada do domínio colonial japonês.

A Rosa de Sharon floresce do início de julho até o final de outubro. A flor é forte o suficiente para sobreviver, mesmo quando ela é transplantada ou cortada para decoração ou arranjos de flores. Assim, a flor representa o desejo de desenvolvimento nacional duradoura e prosperidade. Os coreanos valorizam e cuidam da flor nacional, uma vez que simboliza as muitas glórias que o país tem experimentado e as provações e tribulações as pessoas têm superado.

Curiosidade:  Existe um tipo de trem operado pela empresa sul coreana Korail que leva o nome da rosa Mugunghwa. Ele foi construído para transportar um grande número de pessoas em pé. Nele é possível atravessar o país de maneira rápida e barata. O Mugunghwa atende certas areas rurais que não são servidas pela Saemaul e pelos trens KTX. 

Fonte(imagem): Asie e Wikipedia

avatar
About Jessica

Editora Chefe (Belo Horizonte - MG) Jornalista por formação e comunicóloga por vocação. Tão apaixonada pela cultura coreana, que fala e escreve sobre ela o tempo todo. Trabalha a finco para quebrar os pré conceitos que se existe em relação a Coreia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *