IMAGEM:www.traveljapanblog.com

IMAGEM: www.traveljapanblog.com

Por dois mil anos, ou o que se refere pelo período dos Três Reinos (Goguryeo, Baekjae e Silla), a música tradicional coreana esteve em desenvolvimento.
Presente em cultos religiosos e eventos, posteriormente, com a expansão da produção agrícola, a cultura que se tornava cada vez mais significativa, trazia para o cotidiano da sociedade a música e logo, através de tantas manifestações, diversos outros gêneros foram capazes de ser criados, estimando-se que cerca de 30 instrumentos tenham sido utilizados entre o período.
Alguns deles são o Gayageum (corda) , o Daegeum (sopro) e o Buk (percussão).

Em 1851, é criado o Centro Nacional de Artes Tradicionais de Perfomance da Coréia.  E em 1993, é desenvolvida a Universidade Nacional das Artes da Coréia, que traz como proposta o ensino nas artes (Dança, Teatro, Música, Artes Tradicionais, Filmes e etc).
Hoje, Hanguk Eumak (música coreana), adquiriu muitas outras formas e expressões. Diversos grupos unem a música tradicional ou folclórica à música contemporânea.
Em meio as características culturais e tradicionais que ao longo do tempo podem ser perdidas, é possível perceber um trabalho intenso para a preservação e disseminação dessas tão ricas características culturais do povo coreano.

Confira abaixo o vídeo de Yeominrak, uma música tradicional coreana:

https://www.youtube.com/watch?v=_XE5lNDDDVY

Fonte: SpanishVisitkorea (espanhol)

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *