Nongak

A tradicional dança folclórica “Nongak”, dos agricultores coreanos foi reconhecida pela UNESCO como patrimônio cultural imaterial da humanidade. Esse é o 17º item do país que entra para a lista de patrimônio internacional, após a adição em dezembro de 2013, do “Gimjang”, a cultura de fazer o kimchi. Além disso, outros itens como a arte popular coreana e a variação norte coreana da canção tradicional Arirang, foram acrescentadas.

O Nongak foi originalmente criado por agricultores no início de 1900 como uma forma de tornar o trabalho agrícola mais fácil e agradável. A música agrega um conjunto com fortes sons de percussão. No relatório que traz as deliberações da reunião, a UNESCO afirma que a música é caracterizada pela “independência, abertura e criatividade e serviu para fornecer uma identidade cultural de ambos os artistas e público.” “Nongak apresenta um papel central na concretização de um espírito de comunidade (…) além disso, a inscrição é um reconhecimento de seu valor, não apenas como uma arte de performance, mas também social e cultural“, disse Park Sang Mi, Professor da Universidade Hanguk de Estudos Estrangeiros e membro do comitê consultivo para a Administração do Patrimônio Cultural da Coreia. Diferentes regiões possuem diferentes formas de Nongak e existem cerca de 30 variações reconhecidas pelos governos centrais ou provinciais como bens culturais.

Assista o video para conhecer mais sobre o Nongak:

A Coreia do Sul também espera inscrever na lista da UNESCO um jogo tradicional chamado “Juldarigi”, uma espécie de cabo-de-guerra, e as “Haenyeo,” mulheres mergulhadoras da ilha de Jeju. 

Fonte: Korea Herald (ingles)

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

One Response to Dança tradicional Nongak entra para a lista de patrimônio cultural da UNESCO
  1. avatar

    […] visitantes poderão desfrutar de várias atividades e performances, como o Nongak, artes marciais praticadas em cima de um cavalo, cerimonias de casamento tradicional, além de […]


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *