Imagem: www.koreaherald.com

Imagem: www.koreaherald.com

Quando as pessoas pensam na Coreia, parte delas associam automaticamente o país com o K-Pop, os K-Dramas e, em menor escala, os filmes.

Através da onda Hallyu, moldada em torno da cultura popular coreana, o país tem tido cada vez mais chances de apresentar outros aspectos que o compõe. O cenário protagonista desta vez, é da literatura contemporânea.
Jovens escritores e editores coreanos, se reuniram, e sob o título “K-Fiction“, lançaram o projeto que pretende expandir a divulgação da literatura contemporânea coreana.

Segundo os escritores, enquanto a literatura moderna estava focada na Guerra da Coreia e os movimentos de democratização, os centros de K-Fiction tratam sobre temas contemporâneos que permitem o diálogo entre pessoas de outros países.

A série é composta por cinco pequenos livros de 100 páginas, contendo o enredo original coreano e uma versão traduzida para o inglês, além de notas e comentários dos escritores:
– Dinner with Buffett de Park Min-kyu
– Arpan de Park Hyong-su
– Hot Air Balloon de Son Bo-mi
– My Clint Eastwood de Oh Han-ki e
– Dishonored de Choi Min-woo

O estilo de escrita adotado é leve, mas lida com temas profundos.

Charles Montgomery do Instituto de Tradução de Literatura da Coreia (KLTI), disse que a literatura coreana ainda é desconhecida pelos leitores globais, e que a série estreitará essa aproximação.

A ASIA Publisher planeja desenvolver outras séries como esta.

A série K-Fiction está disponível para compra online no Amazon e em outras livrarias coreanas.

Fonte: Korea Herald (Ingles)

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *