imagem: english.firefly.or.kr

banner do evento (imagem: english.firefly.or.kr)

Os vaga-lumes são a principal atração no “Muju Firefly Festival” (Festival do Vagalume em Muju), o festival é celebrado todos os anos no mês de junho, no evento também destacam-se as questões ambientais. Como os vagalumes são delicados e só prosperam em ambientes limpos e saudáveis​​, o povo de Muju (localizado no norte da província de Jeolla) têm se esforçado para manter a comunidade como exemplo ecológico.

A montanhosa Muju abriga as mais longas e íngremes pistas de esqui do país, e é um destino popular quase o ano todo. A cidade foi selecionada pela CNNGo como um dos 50 lugares mais bonitos para visitar na Coreia.
Para um pequeno festival, o evento que dura 9 dias oferece aos visitantes: um show de talentos, artes marciais, apresentações de taekwondo, desfile de moda e uma variedade de músicas e teatros de rua. O festival também é cheio de barracas, estandes e espaços para eventos destinados a conscientização do meio ambiente, ginseng, tambores tradicionais, cerâmica, arte, chás coreanos, vinhos locais e uma série de produtos regionais.
Para aqueles que desejam ver de perto uma grande quantidade de vagalumes precisam desembolsar 5.000 wons, e  em 10 minutos de viagem chegarem no vale que fica fora da cidade, onde os vaga-lumes são muito mais vibrantes e abundantes. Para quem nunca teve contato com tal espetáculo, vale a pena o gasto.
Para os menos aventureiros, há um museu com diversas exposições – Bandiland, que se traduz simplesmente como “terra do vaga-lume”, também é o lar de uma das coleções de insetos mais impressionantes do mundo. Fãs de Entomologia (ciência que estuda insetos) este é o lugar para você.Localizado entre Daejeon e Jeonju, Muju é um destino fácil a partir de uma série de grandes cidades da Coreia. Embora pequena, a cidade também oferece uma série de acomodações a preços acessíveis.
Se você tem alguns dias de folga, fique por mais uns dias depois do festival e desfrute de atrações locais. A área é repleta de belas trilhas, templos budistas e locais considerados patrimônio cultural.
Este ano festival foi realizado entre os dias 7 de 15 de junho.

avatar
About Miller

Editor de Conteúdo Junior (São Paulo) – estudante, estuda alemão, apaixonado pela Coréia (comida, cultura, música, entretenimento, turismo, infraestrutura), acompanha sempre notícias coreanas sobre economia, projetos, eventos, música e política.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *