musical death note

Imagem: Divulgação

O musical Death Note foi um dos espetáculos teatrais mais esperados no ano de 2015 na Coreia do Sul.  Fique por dentro de como se deu essa adaptação do famoso mangá japonês de mesmo nome.

O musical Death Note ficou em cartaz na Coreia do Sul entre 11 de junho de 2015 a 11 de agosto do mesmo ano, depois de sua estréia no Japão em abril, em junho o musical finalmente chegou ao Opera House do Seongnam Arts Center, na província de Gyeonggi, ao sul de Seul.

A versão coreana foi traduzida a partir da versão japonesa, sendo dirigida pelo diretor Tamiya Kuriyama, o mesmo da versão japonesa, com letras de Murphy e Ivan Menchell  e as músicas da peça são assinadas por Frank Wildhorn.

O musical Death Note é baseado no internacionalmente conhecido e popular mangá japonês do mesmo nome, escrito por Tsugumi Ohba e ilustrado por Takeshi Obata e  cuja adaptação para anime foi dirigida por Tetsurō Araki. Com uma história que gira em torno de Light Yagami, um estudante do ensino médio que descobre um caderno sobrenatural chamado “Death Note”, jogado na Terra por um Shinigami (Deus da morte) no qual pode matar pessoas se os nomes forem escritos nele enquanto o portador visualizar mentalmente o rosto de alguém que quer assassinar. A partir daí Light tenta eliminar todos os criminosos e criar um mundo onde não exista o mal, mas seus planos são contrariados por L, um famoso detetive particular.

Com essa premissa, o mangá de Death Note teve repercussão e fama mundiais, gerando assim várias adaptações derivadas do mangá, como os musicais mencionados, condensando em seu repertório o correspondente há 12 volumes do mangá.

Nessa produção coreana estão nomes famosos, como o ídolo de kpop Kim Jun-su (Xiah Junsu), da banda JYJ, que interpreta o detetive L, sendo o protagonista Light interpretado pelo aclamado ator de musicais Hong Kwang-ho, que fez Thuy em Miss Saigon em Londres. O elenco também contou com Kang Hong-seok (Ryuuku), Park Hye-na (Remu), Jung Sun-ah (Misa Amane) e Lee Su-bin (Sayu). Outro nome muito reconhecido na produção foi o de Wildhorn, compositor favorito da Coreia que está por trás de musicais como “Jekyll e Hyde” e “O Conde de Monte Cristo”, oferecendo melodias ricas para retratar os personagens e a trama intensa.

Já o cenário onde se passa o musical é bastante simples, consistindo em um palco giratório e uma estrutura de aço com dois andares, além do ar sombrio, querendo retratar a vida triste da cidade na história.

Confira alguns vídeos das gravações das músicas e das apresentações ao vivo:

Death Note interpretado por Hong Kwang-ho (Light)

I’ll Only Love You More interpretado por Jeong Sun-Ah (Misa)

The Game Begins interpretado por Kim Junsu (Xiah Junsu) (L)

Preview das apresentações ao vivo

Como mencionado anteriormente, o musical ficou em cartaz na Coreia do Sul por três meses. Os ingressos custaram entre 50 mil e 140 mil won (cerca de R$ 141,00 a R$ 395,00). Sendo um grande sucesso de bilheteria.

Se você gostou desse ou quer dar a sugestão de algum outro musical coreano, deixe seu comentário abaixo, quem sabe na próxima trazemos uma matéria sobre seu musical preferido, pois o BrazilKorea está sempre tentando trazer conteúdo e informação de qualidade sobre a Coreia do Sul e sua participação, querido leitor é indispensável.

Fontes: The Korea Times, DeathNoteBrasil, Wikia

avatar
About Mariana

Estudante universitária de História, se especializando em História da Ásia. Apaixonada pela cultura Asiática em geral, ama dramas asiáticos, músicas, show de variedades, além de mangás, jogos e animes, principalmente do Studio Ghibli. Um dia acredita que sobre tempo para curtir tudo isso e comece seu tour pela Ásia a partir da Coreia!

One Response to Conheça a versão coreana do musical de Death Note
  1. avatar

    Interessante.


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *