Brazilkorea Netflix

www.businessfinancenews.com

Presente em mais de 130 países, Netflix chega agora ao mercado coreano e promete não só ampliar seu conteúdo como também ser um dos grandes aliados na propagação da Onda Hallyu pelo mundo.

Foi nesta quinta-feira durante a CES 2016 Consumer Electronics Show em Las Vegas, uma espécie de feira global que reúne diversos grupos e interessados no mercado da ciência e tecnologia, que o co-fundador e presidente executivo Reed Hastings da maior rede televisiva via internet da atualidade, Netflix, anunciou oficialmente a estreia da rede no mercado coreano.

Com mais de 70 milhões de membros em diversos países do mundo e 125 milhões de horas traduzidas em programas de tv, documentários, séries e longa-metragens, o Netflix pode ter sua atuação ampliada em mercados como o coreano, que segundo o ceo, seria o mercado-chave nos serviços de streaming. A parceria incluiria também a incorporação do idioma coreano no sistema, dando ao Netflix um perfil cada vez mais abrangente, que hoje já abarca um vasto catálogo, com um rico conteúdo licenciado globalmente, incluindo a proposta para o conteúdo coreano.

A intenção é oferecer um serviço de 4K de ultra definição, além de dar acesso à mídia completa do Netflix, via tablets, smartphones, consoles de videogames, e smart Tv’s aos usuários coreanos, e para isso, a rede está em diálogo de negociação com empresas locais como a KT, a LG Uplus e a SK Telecom.

Segundo Ha Joo Yong, professor de mídia da Inha University, a parceria junto ao Netflix na Coreia, pode ser vista como uma oportunidade de impulsionar o mercado de propagação do conteúdo Hallyu.

Atualmente na cartela do Netflix, estão disponíveis os dramas Noble my love, Operation proposal, To be continued, Click your heart, Lucid dream, 9 seconds – Eternal Time, Birdie Buddy, After school – Lucky or not (2 Temporada), Never die e Love Cells. A promessa é que diversas produções sejam incluídas ao catálogo neste ano de 2016.

Fontes: Korea Times | CES | ANMTV Uol

 

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

2 Responses to Netflix estreia na Coreia e pode promover Onda Hallyu
  1. avatar

    Há tempos esta notícia era aguardada. Sou fã das produções coreanas, bem como da cultura. O intercâmbio só tem a nos enriquecer. Espero que assim, no Brasil, possamos aumentar o números de dramas e séries no catálogo.

    • avatar

      Obrigada pelo seu comentário Denise.
      Concordamos com você, conhecer outras culturas só nos deixa mais rico de conhecimento.
      Vamos ficar de dedos cruzados para que haja um aumento de dramas e séries disponíveis para o Brasil.


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *