palácios

Planejar uma visita aos palácios reais de Seul ficou muito mais fácil. O novo aplicativo, “Palaces In My Hand”, traz diversas informações dos patrimônios culturais. Saiba mais agora.

O aplicativo Palaces in my hand oferece um link direto para os guias turísticos dos palácios Gyeongbok, Changdeok, Deoksu e Changgyeong e do Santuário Chongmyo. Com ele é possível ver o horário de funcionamento dos palácios, valor do ingresso, o horário das visitas guiadas e como chegar. Em uma aba especial do aplicativo, é possível saber quais concertos, workshops, festivais ou outras cerimônias que serão realizadas nos locais ao longo do ano. É de grande ajuda para os visitantes, pois reúne todas as informação em um único app.

Oferecido pelo Cultural Heritage Administration, órgão responsável pela administração dos patrimônios culturais da Coreia, o aplicativo pode ser baixado em coreano, inglês, japonês e chinês. Tudo vai depender da configuração do celular.

Aqueles que fizerem o download do aplicativo entre 17 de fevereiro e 02 de março, terão a chance de ganhar ingressos para os palácios e para o Santuário Chongmyo. A administração dos patrimônios culturais da Coreia escolherá 50 pessoas que baixarem o Palaces in my hand, durante os 15 dias como forma de comemoração ao lançamento do app. O anúncio dos vencedores será feito no dia 02 de março.

O aplicativo Palaces in my hand, está disponível para android e IOS e pode ser baixado pela loja da Google e pela Apple Store.

Sobre os palácios

Palácio Gyeongbok: Também conhecido como Museu do Palácio Nacional da Coreia, foi inaugurado em 1992 e exibe peças relacionadas à dinastia Joseon (1392-1910) e conta com mais de 20.000 relíquias reais. Para saber mais sobre ele, leia nossa matéria AQUI.

Palácio Changgyeong: Localizado no coração de Seul, o palácio foi construído pelo quarto rei da dinastia Joseon, o rei Sejong (1418-1450), para o seu pai, o Rei Taejong. Ele servia como residência para rainhas e concubinas.

Palácio Changdeok: Foi construído em 1405 a mando do Rei Taejong. O palácio é classificado como Patrimônio Mundial pela sua importância histórica, simplicidade e sutileza, sendo um excelente exemplo da arquitetura palaciana e design de jardim em estilo da Ásia Oriental. Conheça mais sobre o palácio, AQUI.

Palácio Deoksu: Foi construído para ser a morada do Príncipe Wolsan (irmão mais velho do Rei Seojong) e durante a Dinastia Joseon (1392-1910), teve um papel importante em dois momentos críticos. Saiba quais, em nosso post.

Fonte: Korea Net

avatar
About Jessica

Editora Chefe (Belo Horizonte - MG) Jornalista por formação e comunicóloga por vocação. Tão apaixonada pela cultura coreana, que fala e escreve sobre ela o tempo todo. Trabalha a finco para quebrar os pré conceitos que se existe em relação a Coreia.

One Response to Os palácios reais de Seul em sua mão
  1. avatar

    Com certeza ainda conhecerei todos eles ! meu sonho, meu projeto de vida! 대한민국만세


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *