patos de madeira

Imagem: http://neoreun.com/

Da origem dessa prática a sua importância, o casal de patos de madeira carrega simbolismos preciosos para os costumes e tradições presentes no rito de casamentos coreanos.

Os patos de madeira remontam a figura dos patos mandarim, espécie popularmente conhecida por selar  união por toda sua vida com um único parceiro, e assim, como os cavalos marinhos, a fidelidade está presente mesmo que seu par venha a falecer. Assim, sendo esta uma grande virtude considerada pelos coreanos, o mesmo foi adotado como importante símbolo presente nas cerimônias matrimoniais coreanas, sendo a origem desta tradição, difusamente datada.

As histórias contam que na antiguidade, um rapaz que desejasse se casar com uma moça, deveria comprar um par de patos ou gansos vivos a fim de presentar a família de sua futura companheira. Com o tempo, tal tradição deu vez aos patos de madeira. Entretanto, para que os patos fossem esculpidos, havia série de requisitos a serem avaliados antes do processo. A escolha do escultor é um destes critérios, já que segundo a crença, ele deveria dispor de cinco importantes fortunas: ser rico, ter boa saúde, ter uma boa esposa, não ter sido divorciado nem mesmo ter parentes divorciados e por fim, ter muitos filhos. Cada uma destas fortunas, são fortemente consideradas, pois se entende que elas são transferidas para os patos de madeira durante seu processo de criação, e serão futuramente transmitidas ao casal durante sua vida. Além disso, ser escolhido como escultor de tal símbolo, era considerado um motivo de honra e portanto não era cobrado qualquer custo referente.

Após esculpidos, os patos são envoltos em preciosos tecidos, sendo deixado apenas seu pescoço e cabeça desarranjados e expostos. Levados para a cerimônia, os patos de madeira, são dispostos na mesa principal e ao final, são utilizados em um pequeno ritual, onde a sogra o lança em direção ao vestido da nora, e a depender da ocasião, se a mesma conseguir o recepcional no avental nupcial, segundo as superstições representa que o primogênito será um menino. Após as cerimônias, é comum que os patos de madeira, sejam levados para a casa do casal e fiquem dispostos em uma região a fácil vista. Harmonizados entre si, é comum dizer que os patos então estarão dispostos um olhando para o outro, caso contrário, estarão de costas um para o outro.

Outro costume que circunda o uso dos patos de madeira é que ele deve ser passado de geração a geração por meio da mãe para a filha, como uma espécie não só de perpetuação da história, mas também de transmissão das valiosas fortunas que carregam simbolicamente.

Atualmente, os patos de madeira têm se tornado uma tradição menos presente nas cerimônias de casamento coreanas, apesar de não ter caído em total desuso, já que também a prática passou a se tornar popular entre o público estrangeiro, que passou a adquirir o objeto como uma lembrança do país. Além disso, os patos de madeira tem seguido uma tendência de produção em massa, já não sendo mais prioritariamente esculpidos a mão.

Símbolo de paz, fidelidade e descendência abundante os patos de madeira, são considerados importantes elementos da história dos casamentos tradicionais coreanos. Para saber sobre outras tradições que atravessam a cultura coreana até a atualidade, continue acompanhando o BrazilKorea.

Fonte: Wikipedia | Traditions Customs

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *