maekju, imagem de maekju, cerveja coreana, maekju

http://www.foodncafe.com/

Na Coreia, a cerveja  é chamada de Maekju – (맥주)  e foi introduzida pelos japoneses no início do século XX. As primeiras cervejarias do país foram construídas para suprir a necessidade da elite na época da ocupação japonesa. Saiba mais sobre o maekju.

A primeira fábrica de maekju da Coreia foi inaugurada em 1908,  e, em 1933, a cervejaria Beer Chosun entrou no mercado, conhecida como Hite- Jinro  (하이트 진로). Atualmente a Hite domina o mercado de cerveja juntamente com a empresa OB (오비  – Oriental Brewery), que  foi comprada recentemente pela  AB InBevCada uma dessas empresas vende várias cervejas de marcas diferentes, mas segundo os entendidos do assunto, o sabor e o preço das cervejas dessas empresas são em grande parte semelhantes, tendo em vista que a maioria das cervejas da Coreia é fabricada a partir do arroz.

A maioria dos restaurantes e bares geralmente têm em sua carta de cerveja somente uma empresa de maekju. Cervejas estrangeiras estão disponíveis no mercado mas são, em sua maioria, caras. Uma garrafa destas podem chegar a custar ₩ 15.000 (aproximadamente R$45) em bares no centro de Seul, enquanto as marcas locais costumam custar cerca de ₩ 3.000 (aproximadamente R$9).

De todas as cervejas produzidas em massa na Coreia, apenas duas são fabricadas a partir de 100% de malte de cevada: Max (Hite) e OB Ouro Lager. Começam a surgir e conquistar uma pequena fatia desse mercado, algumas micro empresas, como a Craftworks Taphouse e a Bistro.  Em uma próxima oportunidade, falaremos mais detalhadamente a respeito de algumas dessas empresas e seus produtos.

Lembrando que a idade legal para se beber na Coreia é de 19 anos, se você já tem a idade permitida e está na Coreia, não vai passar vontade só porque não saber se expressar no idioma local. Para pedir uma cerveja em coreano, basta dizer:   맥주 주세요 – maekju djusseiô (Cerveja, Por favor). 

A dica está dada, agora só nos resta brindar: – 건배! (gunbae).

Fonte:  Wikipedia

avatar
About Lamara

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *