Bukchon

Imagem: Alexandre Disaro

Nesta semana continuamos o nosso passeio por Seul. Você já ouviu falar da Bukchon Hanok Village? É um dos lugares da capital mais interessantes para se descobrir. A região é conhecida pelas inúmeras galerias de arte, lojas de design, restaurantes, casas de chá e cafés. Neste post vou levá-lo para um passeio pelas casas tradicionais, a uma casa de chá e a um café.

O que é Hanok Village? Hanok é o estilo tradicional de construção de casas coreanas (saiba mais AQUI). Há duas hanok villages na capital. Uma delas fica ao pé do Monte Namsan e chama-se Namsangol Hanok Village (남산골한옥마을) – e é na verdade um museu a céu aberto que pode ser acessada junto a um passeio ao Namsan. A outra chama-se Bukchon Hanok Village (북촌한옥마을) e é esta que vamos visitar!
Por estar localizada ao norte de dois pontos importantes da cidade: Cheonggyecheon e Jongno recebeu o nome Bukchon; que significa vila do norte (북- buk: norte; e 촌-chon: vila). A região fica estrategicamente entre o Palácio Gyeongbokgung, o Palácio Changdeokgung e o Santuário Jongmyo. No passado foi local de residência de muitos oficiais do governo durante a Dinastia Joseon.
Ao chegar e começar a caminhar pelas pitorescas ruelas não é difícil imaginar como era décadas atrás. As vielas em Bukchon ziguezagueiam as casas transformando o percurso num labirinto em certos pontos. É possível observar o cotidiano num hanok com as donas de casa a pendurar as roupas lavadas e a secar pimentas em peneiras ao sol. Hoje em dia, muitas dessas casas em Bukchon funcionam como centros culturais, restaurantes, guesthouses (Hanok Stay) e casas de chá oportunizando ao visitante uma imersão na cultura coreana.
Quanto estive por lá, propositalmente me perdi algumas vezes certo de que meus sentidos seriam recompensados com algo interessante em meio a tanta tradição e fotogenia. Fui a duas casas de chá, um café e a dois restaurantes. Certamente essas refeições marcaram minha estadia em Seul.
Acesse o post completo no Viver a Viagem, veja as fotos, conheça a casa de chá, o café e saiba como chegar à Bukchon.
Siga minha página no Facebook e Instagram
Até mais!

avatar
About Alexandre Disaro

Editor associado (São Paulo) - Internacionalista de formação e fotógrafo por opção. Gosta de viajar e conversar sobre; cozinhar para amigos; passar horas praticando caligrafia; aprender idiomas; escrever; estudar bandeiras e tomar chá. www.alexandredisaro.com (site como fotógrafo) www.disaro.co (site do blog de viagem)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *