Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível da Coreia, quais são os Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível da Coreia, conheça os Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível da Coreia, Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível da Coreia, Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível da Coreia

Imagem: http://cms.arirang.co.kr/

O Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível compreende as expressões de vida e tradições que comunidades, grupos e indivíduos, em todas as partes do mundo, recebem de seus ancestrais e repassam aos seus descendentes. Conheça os patrimônios culturais da Coreia.

Jongmyo Jerye e Jongmyo-jeryeak (Rito de Culto aos Ancestrais Reais e a sua Música Ritual)

Jongmyojerye é um ritual de culto aos ancestrais, realizado para que os espíritos dos reis e rainhas da Dinastia Joseon descansem em paz, a homenagem acontece em Jongmyo (Santuário das Famílias Reais), onde as tabuletas espirituais dos monarcas estão guardas e são consideradas como relíquias.

Jongmyo-jeryeak é a música praticada durante o ritual em Jongmyo, Seul,  e é acompanhada de danças rituais. Botaepyeong (Mantendo a Grande Paz) é um conjunto de 11 peças que exaltam as conquistas dos civis fundadores da Dinastia, enquanto Jeongdaeeop (Fundando uma Grande Dinastia) é um conjunto de 15 peças que louvam as as conquistas militares do período. Essas duas peças foram compostas em 1447 e outras duas adicionais, conhecidas como Jongmyoakjang, foram compostas alguns anos depois. Centenas de oficiais, músicos, dançarinos e serventes fazem parte do evento, o que reflete a solenidade e a magnificência dos rituais confucionistas. Sendo um exemplo raro de uma obra-prima cultural intangível que mantem a sua forma original há 500 anos.

Confira um vídeo que mostra algumas partes do Rito e a Música Ritual

Pansori (Cantos Épicos)

Pansori é um gênero musical de narração de histórias, desempenhado por um vocalista com o acompanhamento de um tambor. O BrazilKorea já falou sobre o Pansori, neste post.

Festival Danoje de Gangneung

Danoje, realizado para rezar por uma boa safra, cai no quinto dia do quinto mês do calendário lunar e marca o fim da primavera, que é estação para o plantio da cevada e arroz. Tradicionalmente, Danoje era um dos três feriados mais importantes da península, junto com o Seollal e o Chuseok. O Festival Danoje de Gangneung na Província de Gangwon é o maior festival tradicional da Coreia e dura quase 4 semana, começando no quarto mês e terminando no início do quinto mês lunar. A música, a dança, a literatura, o teatro e o artesanato, combinados no festival são de alto valor artístico e têm também um valor extraordinário, já que o festival perdura por quase um milênio, e reflete a vida e a história do povo coreano. O festival também incorpora as tradições religiosas coreanas, inclusive o Confucionismo, Xamanismo, Budismo e Taoísmo, oferecendo diversas cerimônias e apresentações.

Vídeo da UNESCO mostra um pouco o festival:

Essas são só as três primeiras obras-primas coreanas que fazem parte do Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível. Confira outras obras no segundo post da série, AQUI.

Fonte: UNESCO, Livro Fatos sobre a Coreia

avatar
About Jessica

Editora Chefe (Belo Horizonte - MG) Jornalista por formação e comunicóloga por vocação. Tão apaixonada pela cultura coreana, que fala e escreve sobre ela o tempo todo. Trabalha a finco para quebrar os pré conceitos que se existe em relação a Coreia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *