Samukera

O rap brasileiro chegou a Coreia, e foi pelas linhas e rimas de Samukera – primeiro rapper descendente de coreanos da cena nacional – que mais uma vez Brasil e Coreia firmam parcerias.

Samukera trabalhou com nomes importantes do rap nacional como Rashid, Drika Barbosa e Terceira Safra em seu primeiro álbum intitulado Destino SP. O mais recente trabalho, Sayiajin, foi liberado diretamente da Coreia, onde o rapper já se prepara para a realização de projetos e colaborações futuras. A primeira delas foi anunciada ao vivo em suas redes sociais, com o grupo de batucada Rapercussion, em uma versão à la samba de “Saideira”. No dia 14 de agosto, Samukera realizou ainda uma colaboração histórica com o grupo no palco do Festival Ra Fire a convite de Zion Luz, sendo o primeiro a representar o rap nacional na Coreia. Em sua mais recente passagem pelo Brasil em abril deste ano, o Rapercussion visitou Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo  (contando com exclusividade ao BrazilKorea sobre os preparativos para o novo álbum e outras produções) onde foram feitas as gravações do mais recente MV do grupo, intitulado “축제의 시작” que pode ser conferido aqui:

                                                             

Outra colaboração anunciada por Samukera e que já está em processo de produção é com Koonta do Rude Paper, que tem se destacado na cena underground coreana com o peso de suas faixas que mesclam elementos do hip hop, reggae e rock. 

Fruto da parceria entre Koonta e Real Dream, o Rude Papper estreou em 2011 com a faixa “Taxi”. De lá pra cá o duo já registra dois discos de trabalho e sua mais recente produção audiovisual se intitula Two Rude Boys, lançada em abril deste ano.

Divulgação - Samukera

Divulgação – Samukera

Transitando entre o mainstream e o underground, a experiência de MC Sniper, que compôs a 1ª Temporada de Show Me The Money, como produtor junto a Garion (duo lendário do hip hop coreano, formado por MC Meta e Naachal), se expressa em suas letras que ganham livre crítica social e tem sido fonte de inspiração para rappers da cena underground coreana, reafirmando a grande influência que o rapper representa para Samukera desde sua infância. O encontro que rendeu um longo papo e a realização de uma futura colaboração, mostra como a música pode ultrapassar fronteiras, se conectando através de ideias. Basta ouvir o álbum “Destino SP” (Samukera) e “Full Time” (MC Sniper), e pode-se perceber como o questionamento sobre os caminhos da vida e os desafios enfrentados em seu percurso se fazem fortemente presentes nas letras dos rappers.

Divulgação - Samukera

Divulgação – Samukera

Entretanto, a colaboração que tem causado maior expectativa entre o público brasileiro, é com a rapper Tymee, que compôs a primeira temporada do programa Unpretty Rapstar e é popularmente conhecida por seu fast rap. Seu primeiro retorno após a participação no reality da Mnet ocorreu no dia 20 de agosto com o MV de “Cinderella”, faixa título do álbum “Symbol”.
Quanto a colaboração com Tymee, Samukera conta que a rapper se impressionou com a força do rap brasileiro e seu flow, sendo o primeiro contato da artista com a música local, através de “Mocaccino”. A faixa que compõe seu primeiro disco e teve seu lançamento em fevereiro deste ano, traz um clipe repleto de easter eggs e uma letra que se desenvolve entre a linha dual do lance e do romance junto a três experiências distintas que coexistem entre si, o prazer, a sensação e o êxtase, numa analogia aos três ingredientes da bebida, o leite, o café e o chocolate.

Divulgação - Samukera

Divulgação – Samukera

EP
O EP que contará com tantas participações, já tem nome escolhido. Motherland (Terra Mãe) vai falar de uma evolução, de uma trajetória, a trajetória de Samukera até a Coreia, e o rapper vai mostrar a que veio. E como percursos que se cruzam, a produção das faixas não podia deixar de contar com a pegada brasileira de DJ Caique e Nixson, já conhecidos por trabalharem com nomes de peso do rap nacional.

Samukera afirmou ainda que outras colaborações estão por vir. Para ficar por dentro de todo o conteúdo, acompanhe-o nas redes sociais através da Page Oficial, Twitter, Instagram e Youtube. Para saber mais sobre o rapper, leia a entrevista exclusiva realizada pelo BrazilKorea.

O BrazilKorea tem acompanhado na íntegra a trajetória de Samukera e conta os detalhes dos novos projetos e colaborações que vem pela frente na carreira do rapper. Continue conosco para estes e outros conteúdos exclusivos.

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Socióloga e pesquisadora sobre cultura e tradição coreana.

One Response to Samukera anuncia parceria musical com artistas coreanos em novo EP
  1. avatar

    […] de Show Me The Money ocorreu em 2012 e contou com times formados por Double K, Verbal Jint, MC Sniper, 45RPM, Hoony Hoon, Miryo e Garion. Um dos grandes destaques da temporada e que elevou a presença […]


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *